Grupo de Estudos do Cancro do Pulmão

Cancro do Pulmão Saber mais...

  • O cancro do pulmão é um processo devido ao crescimento descontrolado de células anormais que se encontram no pulmão.

    Normalmente as células crescem e dividem-se para formar novas células que vão substituir as que envelheceram e morreram. Enquanto estas novas células normais se diferenciam para ocupar um local e função para manter a vida, as células tumorais crescem e multiplicam-se de forma desordenada, dando origem a um tumor.

    Os tumores malignos ou cancros caracterizam-se pela sua capacidade de invadir outras partes do corpo. No cancro do pulmão o crescimento anormal é inicialmente pulmonar, podendo invadir e danificar os órgãos e tecidos circundantes, mas depois podem invadir os vasos sanguíneos e os vasos linfáticos, permitindo que células tumorais entrem no sangue e na linfa e cheguem a outros órgãos e tecidos (gânglios linfáticos, fígado, ossos, cérebro, …) onde vão formar novos tumores (metástases).

    Como todos os órgãos do nosso corpo, os pulmões são feitos de muitos tipos de células, e por isso podem existir cancros do pulmão diferentes. O cancro do pulmão compreende dois grandes tipos: carcinoma pulmonar não pequenas células com dois  subtipos principais: adenocarcinoma, o mais comum (60%) e carcinoma escamoso (25-30%) e carcinoma pulmonar de pequenas células. Estes dois tipos de carcinoma do pulmão têm evolução, tratamento e prognóstico muito diversos.

duvidas_gecp_icon
©2021 Copyright GECP